Fiz 20 anos!

segunda-feira, 26 de junho de 2017

 Crescer é inevitável. Não podemos contrariar o passar do tempo e o evoluir das nossas vidas. É muito superior a nós isto de ficarmos mais velhos, mudarmos e estarmos em constante aprendizagem.
 Fiz 20 anos. Não sinto que tenha mudado muito em mim ou na minha vida, porque, não foi o passar dos 19 para os 20 que fez mudanças, mas sim o passar dos 20 anos. Este acumular de dias, momentos e pessoas é que gerou reviravoltas na minha vida.
 De qualquer forma, o dia 11 de Junho foi, sobretudo, um período de reflexão e introspecção profunda. Estive com a minha família e fiz algumas das coisas que mais gosto, como ver o meu Doce Mar e comer um prato saborosamente vegetariano. Porém, olhar para o meu interior e perceber o que retive ao longo da minha vida teve um peso considerável naquele a que chamo o meu dia.
Não fomos feitos para viver sozinhos | É importante que saibamos o nosso lugar e apreciemos os momentos em que nos encontramos sós, é crucial que olhemos ao espelho e apreciemos a imagem que vemos, além disso, é imperativo que respeitemos a nossa saúde e bem-estar... contudo, se nem ao mundo viemos sozinhos, porque haveríamos de querer estar por cá sem mais ninguém? Quanto tempo acham que sobreviveriam?

Amor não é só sorrisos | E falo de amor pelo próximo e não de romance/paixão. De facto, se amamos alguém, estamos dispostos a aguentar as suas qualidades e os seus defeitos e, por muito ideal que fosse, é quase impossível conhecermos alguém que se encaixe perfeitamente na nossa personalidade, ou seja, é absolutamente natural que discussões e algumas tristezas ocorram, podem até ser importantes para avançar e partir para outra. Amor não é estar lá só para festejar as coisas boas. É saber festejá-las, mas também apoiar e ajudar nos momentos menos coloridos, sendo fiéis a nós mesmos e à pessoa envolvida.

Praticar exercício é bom e é, literalmente, uma questão de prática | Desde mini-Joana que o desporto faz parte do meu dia-a-dia e, quando a preguiça se apodera de mim, respeito-a, se bem que não me deixo ser consumida por ela durante muito tempo. Acredito mesmo que é uma questão de prática e horários para quem não tem força de vontade. Só faz bem, limpa a mente de impurezas e faz-nos respirar de outra forma!
Passar do dizer para o fazer | Quantas vezes se fala de marcar aquele cafezito ao final da tarde, ou aquele passeio numa manhã solarenga, ou a tão esperada ida ao cinema, e fica por agendar? Esta premissa é mais recente na minha vida, porém, tenho feito jus a este lema. As pessoas dizem-me «Podíamos ir ver isto» e eu respondo «Podes esta semana?». Claro que respeito se a pessoa estiver em exames ou o trabalho seja algo extremamente cansativo na sua vida, mas quero mesmo estar com as pessoas e apreciar a sua companhia. Não quero sentir que podia ter feito ou ficar com os eternos «E se?» no meu pensamento... Quero viver em pleno com as pessoas de que gosto.

Estudar durante as aulas, relaxar nas férias | «Que croma, Joana, só estudas», muitos dizem, embora eu nem ache que seja verdade, uma vez que vou estando com as pessoas e ainda saio mais do que seria desejado. Mesmo assim, prefiro estudar no período estipulado para isso, comparecer às frequências, sair-me bem e relaxar seriamente nas férias. «Vais ter o mês de Fevereiro todo de férias? Não tens exames?» ou «3 meses de férias? Isso não é normal na faculdade!». Pois, meus caros amigos, eu fiz o que pude para que isto se cumprisse, estudei, frequentei as aulas, tirei apontamentos, fui bem sucedida, agora, vou aproveitar o que mereço... É verdade, já estou de férias há 20 dias!

Já deixei de crescer | Parece que sim, permanecerei com 1,67 metros até ao final dos meus dias, quando quer que isto seja.

Dar é mesmo significativo | Não temos sequer noção dos sorrisos que podemos suscitar só com um pedaço de pão ou uma manta num dia frio. Tantos pequenos gestos que podem mudar o dia de alguém e tão simples/significativos.

 Podia continuar, pois, ainda há mais alguns lemas que gostaria de partilhar convosco, no entanto, como não será o último texto neste blogue, deixarei tais premissas para outro dia, fazendo com que cresça a curiosidade nos vossos corações.
 Um obrigada por se manterem desse lado, apesar da minha falta para convosco!

15 comentários:

  1. Adorei este teu post e adorei ler aquilo que aprendeste. Não me canso de dizer que és uma pessoa incrível e que estou muito grata por te ter conhecido <3. O teu sorriso ( como o da foto, by the way, estás linda) e a tua energia positiva são contagiantes. Por muito que esteja a ter um dia péssimo ou esteja cansada, é impossível não ficar alegre à tua beira.
    Falando das lições, concordo a 100% com todas. Apesar de ser introvertida e de gostar de estar sozinha, concordo que não fomos feitos para viver sozinhos, dávamos em malucos depressa. Também aprendi que mesmo o amar o próximo, que não está ligado ao romance, é difícil, sofremos muitas vezes, mas vale sempre a pena. Ultimamente também tenho tentado seguir esse lema, fazer as coisas em vez de estar sempre a dizer que vou fazer. A última lição é tão verdade, eu que o diga pois, este ano, que estagiei em diversos sítios, e notei que pequenos gestos e atitudes que tive fizeram toda a diferença nos pacientes com quem estive :).
    Eu estou sempre curiosa para ler mais posts :).
    Beijinhos,
    Cherry

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom bom é ler um comentário como este: genuíno, querido e amigo. É mesmo gratificante saber que é feliz que ficas na minha companhia, que assim seja muito tempo :)
      Com o estágio deves ter aprendido mesmo muitas coisas deste género, acredito vivamente que essas experiências nos tornam mais humanos!
      Beijinhos fofinhos e abraços apertadinhos,
      Joaninha.

      Eliminar
  2. És o ser humaninho mais fofinho que eu conheço à face da Terra! *0* Tem sido um privilégio partilhar destes meus dias contigo, e tu sabes perfeitamente que eu adoro conversar contigo, trocar ideias, aprender... Acredites ou não, tu fazes-me mesmo muito bem, JU! ♥
    E saber que com 20 anos já aprendeste estas coisas todas, nem quero imaginar como será daqui a cinco anos, por exemplo! Tenho toda a certeza de que serás muuuuito feliz, assim como espero que já o estejas a fazer para ser, atualmente!
    Um beijo grandeeeee,

    LYNE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. *snif snif* Quantas vezes já te disse que não aguento que sejas tão querida assim comigo? Mil obrigadas por todo o carinho e amizade, Lyne, que tão bem me faz!
      Esperemos que cá estejas para ouvir sobre as que estão por vir :)
      Um beijo fofinho,
      Joaninha.

      Eliminar
  3. O teu blogue tem nova cara!
    Gosto tanto! Acho que condiz com a qualidade do que publicas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devo o mérito todo à minha querida Lyne que, a partir do que vai conhecendo de mim, faz o melhor por este cantinho tão especial para mim! Obrigada, Ju! <3

      Eliminar
  4. É por textos como estes que me fazem sentir tão grata por um dia te ter conhecido. Por mais pessoas como tu no mundo, por favor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem sei como reagir a palavras tão doces quanto estas! Grata estou eu por cruzarmos o caminho uma da outra <3

      Eliminar
  5. Joaninha, adorei este post. Sinto que aprendi tanto! Obrigada por seres quem és, minha querida! :)
    Beijinhos grandes.

    https://bloomblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Ju, acho que já te disse isto muitas vezes mas nunca é demais. És, sem qualquer duvida, uma das pessoas que mais me inspira. Tens uma visão tão positiva do mundo e uma alegria contagiante. Ler-te, é felicidade pura e deixa-me genuinamente feliz ver que com 20 anos aprendeste tantas coisas boas. Que sejas sempre assim, feliz, pura, genuína e positiva. Um beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Muitos parabéns Joaninha, ainda que atrasados!! Tens uma vida inteira pela frente e só desejo que sejas mesmo muito feliz! =) Que esse sorriso te acompanhe sempre, é muito bonito e natural...
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  9. Parabéns atrasadíssimos Joana( mais vale tarde do que nunca ahaha)...
    Gostei muito do post! obrigada por partilhares connosco o que tens aprendido.
    Sou nova aqui.:)
    Beijinhos

    https://avidaebelaaa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Que palavras tão bonitas, tão sinceras e, acima de tudo, tão maduras! Escreves muito bem e mesmo eu, já com 25, me revejo em todas as tuas aprendizagens :) muitos parabéns pela chegada dos 20, minha querida!

    ResponderEliminar