Amarelinha #5

sexta-feira, 28 de julho de 2017

 No início deste mês surpreendente, a Amarelinha acompanhou-me na primeira viagem da qual só tínhamos o percurso planeado, uma experiência nova para ambas que se tornou numa das melhores memórias junto de duas pessoas maravilhosas: os meus primos.
 Saímos sem saber o que esperar e com o que contar, sabendo apenas que o nosso objectivo era explorar um pouco da Costa Vicentina, esta relíquia que está tão perto de nós e a qual tendemos a ignorar.
Já estava a meio do prato!
 Era hora do almoço quando avistámos Comporta, a Praia das Moscas, sendo que o primeiro passo era comer qualquer coisa para aliviar o estômago da viagem que fizéramos. No café que lá tinha comi a primeira refeição desta aventura, um belo wrap de queijo fresco com uma verde salada a acompanhar que devorei em 2 segundos. 
Comporta transparente!
 Ficámos ali um pouco a apreciar a vista e, por volta das 15h30, pisámos a areia a escaldar, estendemos as toalhas, corremos para o mar e ficámos maravilhados por conseguirmos ver os nossos pés tão claramente. Que água límpida e tépida ao mesmo tempo! Regressámos às toalhas depois de termos perdido a noção do tempo e adormecemos - acontece que pensei ter apanhado um escaldão, mas, afinal, estava só morena-. Ao acordar, sabíamos estar na hora de nos instalarmos no primeiro parque de campismo: Parque de Campismo da Praia de Galé.
Galé às 19h30.
 Serviço simples, simpático, com boas instalações. Montámos a tenda e, para 1ª vez com aquela artimanha, posso dizer que fomos bem sucedidos. Antes de tomarmos um belo banho com água quentinha e condições razoáveis, fomos apreciar a Praia de Galé, que fica mesmo colada ao Campismo. Assistimos a um pôr-de-sol que recordo com um carinho especial, com o vento a invadir os nossos cabelos e as toalhas a abraçar-nos o corpo.
Bailarico? Oh ye!
 Algo que gostei particularmente neste sítio foi o restaurante espécie buffet, onde podíamos escolher o que queríamos comer e pagar consoante isso, tanto ao jantar, como ao pequeno-almoço. O que me cativou especialmente foi o bailarico até à meia noite, hora de silêncio, e como um espaço tão simples entretinha tanta gente.
Recepção do Parque de Campismo de Porto Côvo.
 Dia novo, viagem pela frente. Desta vez o destino era a Praia da Samoqueira, por isso, escolhemos o Parque de Campismo de Porto-Côvo, onde fomos antes de imergirmos nas deliciosas praias que nos rodeavam. Fomos recebidos com um sorriso de orelha a orelha pela Senhora que nos fez uma mini visita guiada e rapidamente nos foi atribuído um alvéolo para colocarmos a tenda e o carro. Depois de instalados, fomos almoçar num restaurante muito simpático e explorar a Praia dos Buizinhos - sim, achei que se diria Buziozinhos -, uma vez que a minha prima é doida por estas coisas e a areia desta praia é um arca de beijinhos e búzios.
«Porque nas suas areias existem muitos buzios com os quais se fazem peças de artesanato»
A Ilha do Pessegueiro lá ao longe!
 Assim que avistámos a Ilha do Pessegueiro, já podíamos partir para Samoqueira, que foi onde passámos a tarde entre banhos de sol e de água. Um bocadinho rochosa, porém, de um encanto único por tão escondida ser. Com a barriga a dar horas, fomos tomar banho nos chuveiros mais espaçosos que já vira nestas situações e vestir umas roupinhas bonitas. Fomos até à Vila, cheia de vida e animação, jantar, escolhendo um café que praticava preços bem apelativos e comi a primeira sardinhada desta viagem, com vista para o mar.
«O nome do Monte existente no cimo da Praia»
Não faz jus à vista do meu jantar.
 Senti uma paz tão grande por lá e uma vontade tão grande de ficar que decidi trazer uma recordação para a minha querida Mãe. Uma das chávenas mais simples e bonitas que já vi que habita agora em nossa casa e tem sido usada diariamente, o que me aquece demais o coração!
A colher foi o ponto decisivo!
 Como havia alguém na recepção 24 horas por dia, permitimo-nos passear mais à vontade e encerrámos o dia ligeiramente mais tarde, aterrando de imediato, ansiando o dia que estava para vir. Desse conto-vos mais no próximo episódio!
 Só gostava de ter fotos que retratassem melhor metade da beleza que se vive nestes lugares.

23 comentários:

  1. porto covo é tao mas tao bonito! ha anos que nao vou para esses lados ;)
    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
  2. Que saudades eu já tinha de ler um post teu! Parece-me que fizeste uma viagem espetacular... Não sabias ter-te levado contigo? Eu ia na mala de bom grado e a minha presença quase nem se notava, sou magrinha ahahahah xD.
    Esse estão tem um aspeto delicioso.
    Acho que não seria bem sucedida a montar tendas xD. Só se fossem daquelas se sacodem e abrem logo ( uma invenção feita para pessoas como eu ahahahah).
    Adoro a chávena :).
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para a próxima vais na minha Amarelinha!!!!
      Há sempre vantagens e desvantagens, no caso da tenda que referes é o arrumar... torna-se mais desafiante eheheh

      Eliminar
  3. Adorei! Que fotografias lindas, e que vontade enorme de ir à praia dos buizinhos

    ResponderEliminar
  4. Adorei visitar a Costa Vicentina há uns anos atrás. É de uma beleza única e adorava voltar :)

    ResponderEliminar
  5. Adorei o relato! Parece ter sido uma viagem mesmo deliciosa, capaz de recarregar baterias! Aguardo ansiosamente o próximo episódio, nesse caso! (:
    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já está no forno e espero que te delicies quando sair :)

      Eliminar
  6. r: Muito obrigada pelos teus comentários, é óptimo receber palavras tão queridas logo pela manhã.

    Parece ter sido uma viagem fantástica e tens aqui fotos maravilhosas. Infelizmente ainda não conheço Portugal como quero, mas sempre que posso tento conhecer mais um bocadinho. Beijinhos :*


    ResponderEliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. Ahh e depois de ter andado por aqui a "cuscar" encontrei esta frase num post teu «Há que respirar as coisas boas, sorrir aos momentos felizes, abraçar o amor e a amizade. Aproveitar as pequeninas coisas.», é tão isto, identifico-me tanto.
    Eu já estava por aqui, vou continuar de certeza. Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mary, fiquei tão feliz com isto. Fui citada, ó, ó, que maravilha <3

      Eliminar
  9. Joana, minha querida! Confesso que estava com pressa e não li todo o teu post mas deixa-me que te diga uma coisa que ando a pensar há muito quando te acompanho pelo instagram: tu és tão bonita. Não me refiro apenas às roupas que usas - que são fluídas e descomplicadas, um estilo que admiro - mas à tua atitude, ao teu sorriso, à tua leveza.
    Queria deixar-te algum amor por aqui porque tu distribuis-nos com ele todas as semanas. Um beijo bom

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estás mais do que perdoada. Que mimo bom me vens deixar! Acho que nunca me disseram claramente que apreciam o meu estilo e não sei como reagir aos elogios que me teces. És um doce, Inês, um verdadeiro docinho!

      Eliminar
  10. Estive a ler-te e UAU. Adorei, mantive-me presa ao teu blog uns bons minutos! Como se estivesse viciada. A procura de mais e mais. Incrível. Sem dúvida vou continuar por cá.
    r:obrigada pelas lindas palavras que me dedicas-te é tão bom quando as mulheres se apoiam e nos ajudamos a levantar. A vida seria muito melhor com mais pessoas como tu. Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jane, UAU digo eu! Que delícia. É tão bom quando isso acontece e nos identificamos com as palavras, imagens e com o espaço. Espero que continues a gostar muito. Beijinhos

      Eliminar
  11. O ano passado fui passear a Porto Corvo e perdi-me completamente na beleza da região. Espero lá regressar para uns banhos (:

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem sabe regressamos na mesma altura eheh

      Eliminar
  12. Nem sabes o quão especial é ler este post depois de ter estado por estes mesmos lugares ontem!

    ❥ Biju da Ju,
    juvibes.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E quão especial é ler esta reacção <3

      Eliminar
  13. Querida Ju, só de ler esta tua publicação, parece que ganhei anos de vida! É tão bom saber que tiraste estes dias para relaxares, descobrires-te a ti mesma e vires recarregada! E é um prazer enorme poder acompanhar isso de perto!
    De facto, a praia em Comporta é lindíssima! Estive por lá no ano passado, e senti-me num outro território, algo de paradisíaco! Foi bastante bom!
    Beijo grande,

    LYNE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então, parabéns a você, nesta data querida (...)!
      Terás esse privilégio enquanto mo permitires, minha querida <3
      Beijo enorme.

      Eliminar
  14. Conheço tão bem essa zona! Adoro! E adorei as fotografias :)

    ResponderEliminar
  15. A Comporta é mesmo a praia das moscas... é uma pena.

    ResponderEliminar